início do conteúdo

Consup aprova novo Regulamento de Atividade Docente

Publicado por: Reitoria / 11 de Dezembro de 2018 às 14:33

O novo Regulamento de Atividade Docente (RAD) foi aprovado pelo Conselho Superior do IFMT, durante a 37ª Reunião Ordinária, realizada na segunda-feira (10), no auditório da Reitoria.

Ao final de um dia de atividades, o reitor Willian Silva de Paula fez um balanço da última reunião de 2018. Entre as mudanças efetivadas estão o plano das atividades docentes e a participação dos Técnicos administrativos como coordenadores nos projetos desenvolvidos na Fundação Uniselva. No documento anterior a coordenação dos projetos era restrita aos docentes.

“Foi muito produtiva, com a aprovação de documentos que norteiam as ações da instituição, vislumbrando sempre a qualidade do ensino, pesquisa e extensão. O plano das atividades docentes vai nortear ações que possibilitem o reconhecimento dos docentes nessas áreas. Esses documentos são primordiais para organizar e disciplinar as atividades docentes, a nossa relação com a Fundação Uniselva e a movimentação interna dos servidores, com destaque para a remoção por ofício. Cada vez mais estamos criando mecanismos que assegurem a transparência, de forma que a instituição caminhe sempre para o sucesso”, avaliou.

O diretor-geral do campus Primavera do Leste, Dimorvan Brescancin, explicou que o Regulamento de Atividades Docentes estava há 24 meses no Consup para ser aprovado. “Por conta da edição da Portaria 17, depois o pedido da alteração do Conif, o processo ficou um bom tempo parado, aguardando uma possível alteração dessa portaria pelo Mec. A partir do momento que o Mec resolveu não aprovar as alterações os trabalhos recomeçaram, foi repassado novamente via CPPD a todas as NPPDS do IFMT para discutirem e sugerirem alteração”, detalhou o relator.

Passadas essas alterações para a relatoria, composta também pelos professores Marcelo, Antônio Nobi e a servidora Débora Melo, de Tangará da Serra, os relatores submeteram o documento à Procuradoria Jurídica, ao DSGP e às Pró-reitorias, coletaram mais algumas sugestões de professores, individualmente, da Audin e dos campi e elaboraram o relatório final.

“De agora em diante deixa de existir a portaria 246, que regulamentava a atividade docente e entra em vigor o novo RAD, a partir de sua publicação. Quero destacar a participação coletiva, a CPPD e as NPPDs foram muito ativas, tiveram um bom tempo para sugerir e discutir. Acredito que o documento aprovado avança, atende a legislação vigente e ao mesmo tempo cria condições dos docentes poderem contar, nos seus planos individuais de trabalho, as horas trabalhadas de uma forma mais satisfatória”, ressaltou Dimorvan.

A aprovação da RAD foi considerada importante não apenas ao ensino, mas à pesquisa, pós-graduação e inovação. “Após um longo período de elaboração houve avanços na natureza das atividades, que estão descritas de modo mais adequado, com as especificidades do trabalho do pesquisador em consonância com os demais documentos institucionais. Esse documento vai fortalecer os projetos de pesquisa e os cursos de pós lato sensu e stricto sensu. Nos dois casos foi estabelecida uma carga horária máxima, que permite que o professor desempenhe com qualidade suas atividades de ensino, pesquisa e extensão”, avalia o diretor de Pós-graduação do IFMT, Jeferson Gomes Moriel Junior.

Marcadores: ifmt_1

início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - Campus Pontes e Lacerda

Rodovia MT-473, s/n - CEP: 78250-000

Telefones: (65) 3266-8200 - (65) 3266-8241

Pontes e Lacerda/MT